Início Politica Tribunal federal determina inutilização de grampos telefônicos em escritório de advocacia que...

Tribunal federal determina inutilização de grampos telefônicos em escritório de advocacia que defende Lula

O conteúdo dos grampos telefônicos no escritório de advocacia que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá ser inutilizadopor decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Em sessão nesta quarta-feira (14), a Oitava Turma julgou um mandado de segurança impetrado pelo escritório Teixeira, Martins e Advogados, contra decisão da 13ª Vara Federal de Curitiba, que autorizou o grampo, em 2016.

Durante o julgamento, não foram dados detalhes de como os arquivos serão destruídos.

A defesa de Lula alega que o telefone central do escritório foi grampeado ilegalmente, junto com o celular de um dos advogados, Roberto Teixeira. Os conteúdos dos telefonemas estariam protegidos pelo sigilo profissional garantido por lei a advogados, segundo os advogados.

Em dezembro, o tribunal havia negado outro mandado de segurança, solicitando a destruição dos grampos. Ainda naquele mês, o desembargador João Pedro Gebran Neto autorizou a inclusão do Conselho Federal e da seccional de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), como parte no processo.

Fonte:G1

COMPARTILHE